-QUEM FREQUENTA? (TESTEMUNHOS)

 

Rigor na admissão

Vasco e Cristina, 29 anos, fazem parte da comunidade. Contam todo o processo de selecção e o ambiente da festa que participaram. «Primeiro solicitaram-nos alguns dados de cariz pessoal e fotografias. Depois recebemos um contacto telefónico onde nos explicaram detalhamente todo o processo e etapas, marcando uma pequena entrevista pessoal pelo motivo de existir um elemento masculino – e por aquilo que me explicaram o acesso ainda se tona mais restrito quando se trata de elementos masculinos, mesmo estando a participar não individualmente, mas como casal. A exigência do processo de selecção deu-nos a ideia e a garantia de alguma exclusividade», explica Vasco. O processo demorou cerca de 15 dias e foram aceites. A comunidade Purília já promoveu duas festas, mas de modo intercalar (entre os grandes eventos «Eyes Wide Shut») realiza cocktails de apresentação da festa que se segue, «servindo também de cocktail de boas-vindas para os novos membros de forma anónima», explica a organização. Vasco e Cristina participaram numa das festas «Eyes Wide Shut», mas não era a primeira vez que tinham contacto com eventos deste género. «Já participámos em algumas iniciativas, quer em Portugal quer fora de fronteiras e dada a experiência anterior em outras festas do mesmo cariz tínhamos as expectativas moderadas, ou por outras palavras, sabíamos ao que íamos…».

Admissão Purília – Formulário

Excitante e altamente erótico

«A organização por várias vezes nos chamou a atenção sobre a necessidade de se respeitar o dress code – são muito criteriosos e levam muito a sério o dress code. Quando chegámos à festa deparámo-nos com toda a gente muito bem vestida, como uma cerimónia, um ambiente de gala…. Excitante, tentador, o expoente máximo no erotismo e nas relações interpessoais, tudo muito bem doseado entre o carnal e o espiritual». Vasco e Cristina prosseguem com a descrição. «O espaço principal era uma sala era ampla, com piano onde estava alguém a tocar acompanhado por uma voz feminina, mas podemos confessar que prestamos pouca atenção, não mais que uma banda sonora que estava ali a criar ambiente. Também existem quartos escuros. E rapidamente travámos conhecimentos. O ambiente é muito excitante, altamente erótico, sexual, vê-se muito sexo, faz-se muito sexo, tudo anda à volta do sexo – vemos outros casais com casais, com singles, singles com singles…. Fomos convidados imensas vezes a juntarmo-nos a outras pessoas e convidámos outras pessoas a juntarem-se a nós, observámos e fomos observados, uma noite a não esquecer».

Admissão Purília – Formulário

Sexo deixa de ser um «pecado»

«Respeitamos o dress, eu fui de fraque e a Cristina de vestido de noite. Gostámos especialmente da forma como fomos tratados, começando pelo simples facto de terem um motorista e limousine para nos levar à festa, em ambiente de total secretismo e depois tudo o que encontrámos, pessoas educadas, bonitas, ficámos completamente fascinados, rendidos, sinceramente não esperávamos tudo tão bem organizado, com requinte, ficamos surpreendidos pela positiva», acrescenta Vasco, que recomenda a toda a gente, pelo menos uma vez na vida, a experiência. E explica que «é uma forma diferente de encarar as relações, o sexo que deixa de ser um “pecado”, algo de muito positivo que consegue agrupar gente com um interesse comum, o prazer sem qualquer tipo de complexo ou tabu».

O medo do desconhecido

Sandra, 34 anos, chegou à comunidade através de uma amiga e relata que «depois de ter enviado um e-mail demonstrando a minha vontade e interesse em conhecer um pouco melhor a comunidade Purília, solicitaram-me o envio dos meus dados, contacto, idade, altura, formação. Fui contactada pela organização e informaram-me que estava pré-seleccionada. Depois ainda tive de enviar informação sobre os meus gostos pessoais, descrever as minhas expectativas em relação à comunidade e às festas. Passado alguns dias chegou-me a password de acesso ao site». Ao contrário de Vasco e Cristina, Sandra tinha grandes expectativas e receio, principalmente, em relação ao anonimato: «O receio era se iria encontrar alguém conhecido, embora tivesse a ajuda da máscara veneziana. E depois o medo, ou melhor, um nervoso miudinho do desconhecido, do que iria encontrar, o tipo de pessoas, o que faziam…todas as questões foram sempre respondidas antecipadamente pela organização, mas que no entanto duraram até estar lá».

Apelo à sexualidade em pura liberdade

Depois do acesso ao site chegou a festa. Sandra conta todos os pormenores do evento e do dress code. «Levei um vestido preto, com uns Louboutin (a minha grande perdição). Quando entrei na festa a impressão foi de total luxúria, um ambiente só visto em filmes. Senti que havia classe e muito respeito entre todos os participantes, muito cavalheirismo, gente cuidada. Chamou-me a atenção as faixas etárias presentes – pensei que ia encontrar pessoas com idades entre os 35 e 45, mas esta média é mais alargada, talvez entre os 23 e 49… e isso surpreendeu-me um pouco, pela positiva claro. O dress code é elegantíssimo, talvez um dos segredos da festa passe pelo dress code, pois cria um ambiente sofisticado. É uma festa que nos apela aos sentidos, muito erótica, sentindo-se algo no ar que não consigo descrever: o ambiente apela e “extrai” toda a nossa sensualidade, erotismo e sexualidade. Têm-se a sensação de liberdade, pura liberdade».

Admissão Purília – Formulário

Ambiente de luxúria, onde é «proibido proibir»

Sandra participou uma única vez e confessa que o que apreciou mais foi «o erotismo, o sexo, a liberdade, o conceito “open mind” e a diversão. É um evento que se distingue pela sua exclusividade, pelas pessoas que participam nele, por todo o ambiente de luxúria, por ser proibido proibir». E descreve: «existia um grande salão e várias outras pequenas salas, quartos e também um enorme jardim interior. Todas as pessoas que nos serviam estavam vestidas a rigor, pelos espaços existiam bailarinas clássicas em que dava a sensação que voavam sobre nós. No salão uma bela mulher tocava violoncelo, foi construída uma peça de teatro e também existia uma sala onde passava pequenos documentários, filmes que não cheguei a entender o que seriam, mas tudo ia acontecendo sem que se esperasse».

Prazer e descoberta de emoções

O relato continua entusiasta. «Temos oportunidade de conhecer pessoas novas, muito cuidadas, o que é por si bastante interessante e saber que essas estão lá com os mesmos objectivos dá-nos uma boa sensação, a tal sensação de total liberdade. Sentimos que tudo é possível e tudo acontece realmente, muito sexo para quem o deseja e procura, mas sempre com grande respeito. Existe uma altura da noite em que toca uma pequena sineta, ficando-se à média luz, no salão grande e aí sim começamos a ver muita coisa e é difícil não nos deixarmos ir pelo prazer, pela descoberta de emoções, até aqui um pouco contidas. Existem alguns elementos masculinos e femininos (com muito bom aspecto) que estão lá para nos “obedecerem” e podem interagir com os membros caso sejam solicitados. No geral, em termos de número existem mais elementos femininos em comparação aos masculinos, também alguns casais, em que uns se “portam” como tal e outros agem de forma individual». «A festa é uma forma de nos sentirmos livres, faz-nos sentir vivas, ainda mais… Vejo esta comunidade como um estilo de vida, uma alternativa a uma sociedade demasiado formatada e cheia de preconceitos», remata.

Admissão Purília – Formulário

Inicie aqui o seu Processo de acreditação

4 Respostas to “-QUEM FREQUENTA? (TESTEMUNHOS)”

  1. adorava participar seria a minha libertaçao. sensaçao, glamour, desejo tudo pela liberdade

  2. Classe,bom gosto, diversão e respeito.

  3. Adorei o conceito das festas. Elegância, discrição e bom gosto. Parabéns a todos os organizadores.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s